Custos da AWS: os 5 erros mais comuns

O (des)gerenciamento de seus custos AWS

Todos sabemos que a AWS nos permite implementar aplicações de formas que seriam inimagináveis ​​utilizando infraestruturas e processos de TI tradicionais. Mas por isso mesmo que é muito fácil perder a noção do que exatamente você tem em execução a qualquer momento. O fim de um período de faturamento pode, consequentemente, demonstrar custos inesperados da AWS, indicando que o faturamento pode estar fora de controle.

Para evitar isso, você vai ter que entender melhor de onde essas surpresas podem vir. Neste artigo vamos descrever as cinco principais erros no controle e gestão dos recursos e as razões para sua fatura fugir do planejado.

1 – Instâncias Exageradas, muitas instâncias ou instâncias sem necessidade (não utilizadas)

Escolher com cuidado o tipo de instância correta é uma decisão fundamental que você vai ter que enfrentar. Que tamanho instâncias  que você deve executar? Quantas você vai precisar? Como você vai manter o controle de todos os seus recursos (um bom lugar para começar é a sua página de faturamento conta AWS)?

Cada implantação de infraestrutura tem suas próprias características únicas,sendo assim só você ou sua organização podem responder estas perguntas. Existem tipos de instância que são especificamente otimizadas para computação, memória e armazenamento vão, obviamente, custar mais do que as versões gerais.

É sua responsabilidade planejar quais os tipos de instância utilizar em cada caso e quais são realmente necessárias de acordo com a sua aplicação.

2 – Escolher o modelo (não tipo) errado de instância

Além tipos de instância, há também três de três maneiras distintas para comprar recursos de instância e, assim, intimamente controlar os custos da AWS:
Instâncias On-Demand  permitem que você pague uma taxa fixa por hora sem compromisso.
Instâncias Reservadas fornecem uma reserva de capacidade, oferecendo um desconto significativo se comparado aos preços por hora das instâncias on-demanda, quando você se comprometer com compras de instância de longo prazo.
Instâncias Spot permitem que você lance o seu próprio preço para a capacidade de instância.
Partindo do princípio de que as suas aplicações têm horários de início e término flexíveis e podem sobreviver interrupções de serviço quando as instâncias em seu preço de oferta não estiverem disponíveis, isso pode representar uma poupança significativa.

A primeira vista as Instâncias On-Demand são os mais fáceis de implantar e “sem compromisso” soa atraente. Mas usar On-Demand para quaisquer períodos prolongados pode gerar custos inesperados da AWS no final do mês. Continuamente parar e iniciar esses casos também vai custar caro. Se você está pensando em implantar um site/aplicação que precisa para operar 24/7 e esperar para executar este site ao longo dos próximos 12 meses, você estaria muito melhor com uma instância reservada, onde o controle e planejamento de custos é melhor.
Se você está planejando implantar infraestrutura que é um pouco mais complexa e exige Load Balancers (ELB) e Auto Scaling, você provavelmente terá que recorrer a uma combinação de ambos On-Demand e Instâncias Spot, calculando cuidadosamente os custos relativos da AWS. Fazer isso direito exige um planejamento detalhado.

3 – Fazendo/Criando muitos Snapshots

Você pode fazer backup dos dados em seus volumes do Amazon EBS para o Amazon S3, criando snapshots. Fazer o backup de seus dados não é apenas uma coisa inteligente a fazer, é fundamental. No entanto, snapshots do EBS devem ser criados com moderação ou você aumentar exponencialmente os custos de armazenamento. Certifique-se de que você tem uma estratégia EBS Snapshots retenção no local (usando as regras S3 lifecyle), que é um bom ajuste dependendo das suas necessidades particulares.

4 – Não liberando Elastic IPs alocados

AWS permite um endereço Elastic IP (EIP) associado a uma instância em execução sem nenhum custo. No entanto, você será cobrado por cada EIP adicional que você associa com essa instância por hora em uma base pro rata. Para assegurar o uso eficiente dos endereços Elastic IP (que são, por definição, um recurso limitado), AWS também impõe uma pequena taxa por hora quando esses endereços IP não estão associados a uma instância em execução ou quando eles estão associados a uma instância paradoa ou não associado a uma interface de rede.

É isso mesmo: você pode simplesmente parar sua instância e assumir que o IP associado a ele será liberado automaticamente. Infelizmente, este não é o caso, e seus custos acumulados AWS vai provar isso. Então certifique-se que você não está mantendo (e pagando) por EIPs não utilizados.

5 – Não monitorar os custos da AWS usando CloudWatch e alertas inteligentes

Amazon CloudWatch é um serviço de monitoramento de recursos de nuvem da AWS e as aplicações que rodam no AWS. Você pode usar o Amazon CloudWatch para coletar e monitorar métricas, monitorar arquivos de log e definir alarmes. Você pode definir alarmes em qualquer de suas métricas para receber notificações ou automaticamente iniciar outras ações (como desligar instâncias EC2 não utilizados ou subutilizados) quando uma métrica cruza seu limite especificado. Você também pode usar Auto Scaling para adicionar ou remover instâncias do Amazon EC2 dinamicamente com base em suas métricas.

Se você tem infraestrutura complexa de qualquer tipo em execução no AWS, você realmente precisa usar CloudWatch.
O mais importante, para controle de custo, podem ser os alertas de faturamento, quando os custos atingem um limite predeterminado. Assim você fica ciente de como anda seu gasto com a AWS constantemente.

 

Controle de custos com AWS: planejar com antecedência

Analisar os pontos mencionados acima podem ajudá-lo a manter seus custos sob controle. Como mencionamos, a Amazon Web Services é uma plataforma fabulosa e permite coisas incríveis, no entanto se sua instalação não for constantemente monitorada você pode ter uma surpresa desagradável no final do mês.

Por isso é importante o acompanhamento e consultoria de de profissionais capacitados, tornando sua experiência agradável a um preço justo.

Original: http://cloudacademy.com/blog/aws-costs-5-biggest-mistakes/